Espinheiro – Crataegus Cuneata

Espinheiro – Crataegus Cuneata

foto geral do Espinheiro - Cuneata, ambigua, laevigata 'Paul's scarlet', monogyna, punctata foto folha ou do tronco do Espinheiro - Cuneata, ambigua, laevigata 'Paul's scarlet', monogyna, punctata foto tronco ou da folha do Espinheiro - Cuneata, ambigua, laevigata 'Paul's scarlet', monogyna, punctata foto fruto ou do tronco do Espinheiro - Cuneata, ambigua, laevigata 'Paul's scarlet', monogyna, punctata

DescriçãoOriginario do japão e china, altura de 4 a 5 metros

Nome Científico

Crataegus Cuneata

Cultivar

Cuneata, ambigua, laevigata ‘Paul’s scarlet’, monogyna, punctata

Outro Nome

Crataegus Cuneata

Espécie

Familia

Rosaceae

Estilos

Todos os estilos

Posicionamento

No exterior, sem sol directo. resiste bem ao vento e as temperaturas baixas.

Rega

Regar abundantemente no verão, deixar secar e regar outra vez, Vaporizar as folhas no fim das tardes de verão. No inverno manter o solo humido.

Fertilização

Adubar de 15 em 15 dias de março até Outubro (com a exepção de julho e agosto), não adubar durante 5 a 6 semanes depois do corte de raizes e quando as flores abrem.

Moldação

qualquer altura enquanto os ramos estiveram verdes

Mudança de vaso

de 2 em 2 anos no inicio da primavera, antes dos rebentos abrirem. cortar 1/3 das raizes.

Terra

1/2 de casca de pinheiro.
1/4 humus
1/4 areia
Deve ser um composto bastante drenante

Poda

para manter a forma, rebater para 2 folhas quando tivermos 4 a 5 pares de folhas.

Reprodução

por estacas verdes no verão, alporquia e semente.

Doenças

Principalmente oïdium utilizar sulfato de cobre para eliminar esta doença.

Observações

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *